Perguntas Frequentes

Por que a Microfisioterapia pode ajudar-me?

Porque é fundamentada sobre um princípio natural e elementar da vida: ajudar o corpo a evacuar todos os traumas passados ou presentes que guarda na memória celular e que o impedem de funcionar bem, como pequenos grãos de areia numa mecânica. Diariamente, o nosso corpo luta contra agressões de todas as naturezas e de diferentes intensidades, sejam originadas do meio exterior (infecções, toxinas, traumas físicos e/ou emocionais) ou do interior (fraqueza de um órgão, cansaço, problemas existenciais). Geralmente, o nosso organismo se corrige em silêncio sem que seja percebido. Contudo, se as infrações não forem identificadas, não reconhecidas ou muito fortes, o corpo não pode reagir de forma eficaz: a agressão deixa então uma espécie “cicatriz” nos tecidos, uma memória do acontecimento. Apesar deste vestígio causar uma impressão de cura, o acúmulo destas memórias pode fazer com que uma dor apareça, uma doença se desenvolva e que o corpo se enfraqueça, sendo incapaz de lutar. Assim surgem as dores e doenças crônicas.
A Microfisioterapia vai ajudar na eliminação natural destas memórias que enfraquecem o nosso organismo. Quando liberado o obstáculo, o corpo poderá reencontrar as capacidades que perdeu, às vezes, mesmo após anos.

Quantas sessões são necessárias para obter-se um bom resultado?

Para um sintoma dado, 3 sessões são o máximo. Normalmente, uma sessão é suficiente para obter-se um resultado satisfatório. A segunda sessão pode ser realizada dependendo de como se desenvolveu a primeira, se o terapeuta achar necessário ou se o paciente ainda apresentar queixas. Quando indicada uma 2ª sessão pela fisioterapeuta, esta deverá ser agendada 30 dias após a 1ª de modo que o corpo tenha tempo de fazer seu trabalho. A 3a. sessão, quando necessária, será após 45 dias da 2a. Além disso, se 3 sessões não forem o suficiente para reencontrar o vestígio deixado no organismo pelo acontecimento responsável pelos sintomas, é porque essa lesão está em outros campos de investigação e o paciente será orientado. De qualquer modo, é conveniente efetuar uma sessão por ano como técnica preventiva, ou o paciente pode escolher realizar sessões a cada 6 meses para controle ou sempre que tiver sintomas agudos.

Como é realizada a sessão?

Uma sessão de Microfisioterapia dura cerca de 45 minutos a 1 hora, aproximadamente. Após ter exposto as razões da consulta, o paciente, ainda vestido, se deita sobre uma maca. O fisioterapeuta vai primeiro localizar e identificar as cicatrizes que obstruem o corpo, controlando os ritmos vitais. Ao detectar uma perturbação, ele vai usar palpações sutis para re-informar o organismo da presença desta cicatriz. Assim, o corpo vai reencontrar a memória do choque, concentrar-se nela para eliminá-la definitivamente. O paciente permanece deitado durante a sessão e vai receber as informações dos bloqueios encontrados. Já nesse momento o corpo pode iniciar o processo de reconhecimento e eliminação do agressor. Algumas vezes o paciente pode sentir relaxamento e sonolência durante a sessão.

Existem reações após a sessão?

O trabalho que o corpo inicia pode provocar um ligeiro cansaço durante 1 ou 2 dias. É indicado que o paciente descanse após a sessão (não fazer esforço físico desnecessário, não dirigir por período prolongado de tempo…). Para que este cansaço seja mínimo, é aconselhado ingerir de 1,5 a 2 litros de água por dia nos próximos dias que seguem a terapia, facilitando assim o trabalho de eliminação do corpo. Podem ocorrer também sintomas físicos como diarreia, vômito, aumento da dor, febre, crise emocional ou sentimento de raiva por um ou dois dias. Isso acontece como sinal de liberação das memórias agressoras. O paciente deve então descansar e deixar que o sistema imunológico trabalhe, com o mínimo de interferência medicamentosa possível. Não esquecendo-se de ingerir muita água.

12 comentários:

  1. ESSE TRATAMENTO PODE AJUDAR NA QUESTÃO DE TERMINO DE RELACIONAMENTO?

    ResponderExcluir
  2. A microfisioterapia colabora nos estados pós traumas emocionais, separações, etc... Através da técnica é possível regulação dos vários sistemas do corpo. O resultado relatado por vários pacientes é uma maior clareza dos pensamentos e melhor entendimento de toda a situação. Bem estar sempre presente.

    ResponderExcluir
  3. Olá. Gostaria de saber: A microfisioterapia pode ajudar em casos de obesidade devido a compulsão alimentar? Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Julia! A microfisioterapia não é usada diretamente para o emagrecimento mas pode ser uma coadjuvante. Melhora sistemas endócrino e digestivo. Terá um sono melhor. Reflete na auto estima e você se sentirá mais motivada a fazer uma atividade física e uma melhor alimentação! 😘

      Excluir
  4. Gostaria de saber se ajuda com depressao e síndrome do pânico ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A microfisioterapia ajuda a reverter quadros de depressão mesmo quando crônicos. Pacientes com a SP também evoluem com melhora. Possibilidade de ficar livres de remédios!

      Excluir
    2. A microfisioterapia ajuda a reverter quadros de depressão mesmo quando crônicos. Pacientes com a SP também evoluem com melhora. Possibilidade de ficar livres de remédios!

      Excluir
  5. Gostaria de saber se a microfisioterapia trata depressao e síndrome do pânico ?

    ResponderExcluir
  6. tenho convulsao tomo medicamemtos sera que ajuda?

    ResponderExcluir
  7. Esse método é recomendado para transtorno de borderline

    ResponderExcluir
  8. microfisioterapia consegue curar zumbido

    ResponderExcluir
  9. Cura zumbido de origem traumática, no caso estampidos de alto volume ?

    ResponderExcluir

Deixe sua mensagem ou depoimento! Obrigada.